VII edição do SIMELP contou com a presença do escritor e palestrante angolano João Pedro Canda



O VII SIMPÓSIO MUNDIAL DE ESTUDOS DA LÍNGUA PORTUGUESA (SIMELP) é um evento consolidado, constituído por diversos simpósios, conferências, mesas-redondas e minicursos que pretendem funcionar como espaço para agregar pesquisas e discussões entre professores, pesquisadores, estudantes e profissionais interessados em áreas como Linguística, Literatura, Cultura, Tradução, Educação. O evento também se destina a profissionais de outras áreas para quem a língua portuguesa representa um ponto de interesse ou de partida para inovações tecnológicas na área do ensino e/ou de outras áreas.

Nesse sentido, em 2019, a VII edição do SIMELP contou com a participação de representantes de todos os Continentes. A presença de importantes profissionais de todas as partes do mundo e a atmosfera de partilhamento trazem um impulso ainda maior para o ensino, a divulgação e a pesquisa da língua portuguesa, levando-a a confirmar e sedimentar a sua importância no cenário mundial.

Entre os dias 20 e 24 de agosto do ano de 2019, a Universidade Federal Rural de Pernambuco sediou o VII SIMELP, cuja organização reflete uma parceria entre universidades do mundo todo nas quais a língua portuguesa é tomada como objeto de ensino e/ou de investigação e com variadas formas de difusão cultural. É com grande satisfação que João Canda, de Angola, foi um dos representantes convidados no VII SIMELP.


No primeiro momento, vai palestra sobre o tema: Línguas em Angola: unidade, diversidade etnolinguística, cultura e experiências práticas.


O escritor, ainda participou de uma mesa de debates com a temática Cinema como propagação da cultura e da língua, em que fará uma abordagem com o tema: A Influência do Cinema Brasileiro no Contexto Africano: Um Olhar sobre as Vivências e Percepções da Realidade, onde se aguarda com grande expetativa algumas das suas obras lançadas em muitos outros estados do Brasil.




Residente no Brasil a cerca de 4 anos, João Canda é Fundados e Diretor Geral do Literáfrica, Escritor, Palestrante Internacional, Produtor Cultural. Seu trabalho tem sido importante para a divulgação e promoção da literatura africana no Brasil e alguns países da América Latina.

Temos a certeza de que, à semelhança de edições anteriores, o evento será bastante produtivo e irá contribuir substancialmente para o enriquecimento das pesquisas, discussões e projetos no âmbito da língua portuguesa.

49 visualizações
Sengola - Lina Alexandre (Angola)
00:00 / 00:00

© 2020 Criado pelo Literáfrica. Termos de Uso | Política de Privacidade